Hemose destaca importância da hidratação antes de doar sangue
 
 
A ingestão de água ou suco de frutas naturais é uma forma de preparar o organismo para doação de sangue que deve ser iniciada na noite anterior, e, no dia de doar. A orientação integra os critérios que antecede a coleta de sangue, no Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) e tem como finalidade garantir a segurança dos voluntários que colaboram regularmente com o serviço.
 
De acordo com a enfermeira Florita Aquino, essa recomendação é essencial para evitar as intercorrências, situação ocasionada no momento em que o voluntário está em fase inicial ou, finalizando, a doação de sangue. “É uma situação comum, entretanto, os profissionais da unidade estão orientados a passar essa e outras informações, importantes, para evitar que o individuo passe mal no decorrer do procedimento”, explica a gerente de Coleta.
 
Conforme a profissional, a principal causa de fraqueza e tontura ao doar sangue consiste na queda da pressão ou dos níveis de açúcar sanguíneos. “Esse risco é bastante reduzido se o doador estiver suficientemente hidratado antes de doar o sangue”, confirma ao informar que mensalmente o serviço de coleta, regista uma média de doze intercorrências. “Trabalhamos para deixar os doadores conscientes dessa preparação necessária antes de vim colaborar com o serviço”, ressalta Florita.
 
Dentre as principais orientações o voluntário deve se hidratar nas 24 horas anteriores, ao procedimento, em especial quando a temperatura estiver alta, acima de 28 graus. Isso inclui beber 4 copos de água ou suco durante às 3 horas  que antecede o momento da doação. E, no caso, da doação de plaquetas pelo método de Aférese, a recomendação é beber pelo menos de 6 a 8 copos de água.
 
O voluntário recebe essas informações no inicio do ciclo da doação, já no serviço de cadastro, etapa onde é feito o registro dos dados do possível doador. Nas etapas seguintes, como a pré-triagem, o candidato passa pela verificação de peso, altura, pressão arterial e a dosagem de hemoglobina, para checar se está nos níveis aceitáveis para doação.
 
Já na triagem hematológica, penúltima etapa do ciclo, o candidato passa por uma entrevista confidencial com um profissional de saúde. Essa etapa tem como finalidade assegurar a proteção do receptor e também para o doador de sangue. A última etapa é a coleta de uma bolsa com até 450 ml de sangue, esse processo tem uma duração de até 15 minutos. Após a coleta, o doador recebe um lanche e, mais uma vez é orientado a ingerir bastante liquido ao longo do dia.
 
 
Doação de sangue
 
Estão aptos a doar sangue candidatos em bom estado de saúde, idade entre 16 a 69 anos, peso acima de 50 quilos. Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal. É necessário apresentar documento de identidade original e com foto válido em todo território nacional. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

 Doador de sangue Igor Souza se prepara para doar sangueDoador de sangue Igor Souza se prepara para doar sangue

 

Sala de Coleta do HemoseSala de Coleta do Hemose